|  Página Inicial  |  Apresentação  |  Anuncie aqui  |  Contato
» Acontece
» Aniversários
» Catanduva - Minha Cidade
» Direto do Arquivo
» Eventos
» Fotos e Fatos
» Mural de Recados
» Perfil
» Social
 
 
você está em » Fatos e Fotos
TRANSAMAZÔNICA
O presidente Emílio Garrastazu Médici descerra a placa inaugural, da Rodovia Transamazônica em Jacareacanga (PA), em 1974. Tomaram parte da festa os ministros Mário Andreazza, Costa Cavalcanti e Carlos Alberto Fontoura, e o general João Figueiredo que mirava a altura das árvores.
TRENZINHO MUSICAL
Quem viveu a infância dos anos 70 e 80, deve se lembrar do trenzinho musical da Estrela, que funcionava como uma caixinha de música, com disquinhos que traziam as notas musicais em relevo.
TRANSAMAZÔNICA
Tratores fazendo terraplanagem em trecho da Rodovia Transamazônica ainda em construção.
MENTEX
Mentex - chegou ao mercado nos anos 50; ao longo dos anos a embalagem passou por algumas alterações, mas a bala continua a mesma.
TRANSAMAZÔNICA
Placa de indicação do início da construção da Rodovia Transamazônica projetada durante o governo do presidente Emílio Garrastazu Médici (1969 a 1974) em 9 de Outubro de 1970, Xingu - Transamazônica.
TIJOLINHOS
Tijolinho Mágico - Com os tijolinhos de madeira as crianças usavam a criatividade para criar cidades imaginárias.
TORRE EIFFEL
Torre Eiffel - Uma escultura gigante, a obra de 10 mil toneladas e 300 metros de altura levou só dois anos para ficar pronta.
PAPAI NOEL
A imagem do Papai Noel, como é conhecida hoje (homem idoso com barba grande, branca e com roupa vermelha), surgiu em uma propaganda da Coca-Cola de 1931, e foi adotado como símbolo oficial do Natal.
CANTO ORFEÔNICO
Livro escolar de Canto Orfeônico - A partir do ano de 1931, o ensino de Canto Orfeônico passou a ser adotado nos colégios secundários brasileiros, resultado da apresentação de um projeto defendido por Heitor Villa Lobos (1887/1959) ao presidente Getúlio Vargas. Estudava-se compassos, notas, escalas, clave, etc. A maioria não entendia nada e nem se esforçava em aprender, uma vez que a matéria não era ‘eliminatória’ e, portanto, não reprovava.
JACOB'S PHARMACY
John Pemberton, um farmacêutico de Atlanta, ao pesquisar a cura para dores de cabeça faz uma mistura líquida de cor caramelo. Leva a mistura para uma farmácia, a Jacob’s Pharmacy, onde o xarope, misturado a água carbonatada (gasosa), é oferecido aos clientes, que consideram a bebida muito especial. Frank Robinson, contador de Pemberton, batiza a bebida de Coca-Cola, escrevendo o nome em sua própria caligrafia.
Anterior | [1] [2] [3] [4] [5] [6] [7] [8] [9] [10] [11] [12] [13] [14] [15] [16] [17] [18] [19] [20] [21] [22] [23] [24] [25] [26] [27] [28] [29] [30] [31] [32] [33] [34] [35] [36] [37] [38] [39] [40] [41] [42] [43] [44] [45] [46] [47] [48] [49] [50] [51] [52] [53] [54] [55] [56] [57] [58] [59] [60] [61] [62] [63] [64] [65] [66] [67] [68] [69] [70] [71] [72] [73] [74] [75] [76] [77] [78] [79] [80] [81] [82] [83] [84] [85] [86] [87] [88] [89] [90] [91] [92] [93] [94] [95] [96] [97] [98] [99] [100] [101] [102] [103] [104] [105] [106] [107] [108] | Próxima
 

NOTA: As imagens apresentadas na seção ‘Fotos e Fatos’ não têm interesse comercial, apenas propõe-se a divulgar imagens ou fatos acontecidos. Caso haja algum item em desacordo com os direitos de propriedade intelectual, envie-nos um e-mail e retiraremos a respectiva parte ou indicaremos o crédito.